O Autocoaching de Luiza Chlodovech : Rapport da covardia!

O Autocoaching de Luiza Chlodovech : Rapport da covardia!

O Autocoaching de Luiza Chlodovech : Rapport da covardia!

Total de visitas: 4.136

Meu dia começou assim:

– Olá Luiza. Bom dia. Falei com Melissa ontem e ela autorizou seu processo de coaching. Como pré-acordamos sua agenda é semanal e eu lhe aguardo amanhã as 7h30 aqui no escritório. Até lá. Carolina.

Droga, agora ela sabe que eu li. Esse negócio de sinalização do Whatsapp é uma droga. Não tem jeito. Vou ter que responder. Depois preciso ver como faço para tirar isso no celular.

– Bom dia. Ok Carolina. Estarei lá.

Hoje tenho sessão com a Melissa a noite. Quem sabe a convenço de cancelar a autorização.

Evolui para isso:

– Olá Luiza. Como está?!

– Bem e vc Melissa?

– Também estou ótima e muito feliz que você tenha procurado o coaching. Você está ótima depois desse tempo juntas. Agora que está consciente de suas necessidades, é preciso assumir objetivos e disciplina para realizá-los. Parabéns! Estou orgulhosa de você!

======================================================================================================================================

Quem mandou mentir para terapeuta?! Eu consciente de minhas necessidades?! Deus pai…não sei o que quero comer filha! Fico lá fingindo o personagem…e sou boa nisso hein?!…devia ter seguido de fato a vida de atriz! Taí o resultado. Agora tem duas pra “terem orgulho de mim”. Vixe!

Deve haver alguma explicação para eu estar atraindo gente que fica me perguntando se estou bem? Se estou feliz? O que quero da vida? Nossa senhora…é uma verdadeira inquisição…deveria me chamar Joana…daí eles me queimavam e pronto!

Não bastam meus próprios questionamentos agora tenho que definir objetivos, mudar comportamento…coisa chata.

O que se faz numa sessão de coaching?! Amanhã vou saber.

Já fiz minha boa ação do ano. Semana que vem vou com Mônica pro tal cruzeiro. Já não tá bom?! Aquele marzão na sua frente sem ver um pedaço de terra durante dias….coisa chata deve ser esse tipo de viagem…não fosse pela Mônica…não ía não.

Ninguém também vai poder dizer que não faço nada por meus amigos. Provei e pronto! Consciência limpa!

Pensando bem podia ser mais franca com a Mônica. Coitada…taí uma pessoa que se doa sem reservas. Ela se preocupa de fato comigo. Sempre esteve do meu lado. Seu carinho é verdadeiro. Mas o meu….sempre na conveniência. Se ela me questiona muito ou fala algo que não gosto….dou uma sumida e pronto. Será que ela se magoa?! Sei lá…acho que não…sempre volta! Então deve estar tudo bem!

O que se faz num navio por uma semana inteira? Nem vi a programação. Guardei a pasta com as passagens e os folhetos há três meses e nem olhei.

Tudo que eu faço é assim: começo e depois vejo o que dá. Fui assim a vida inteira. Nunca tomei “decisões conscientes” como disse a Melissa. Sempre foi porque alguém “mandou” ou “sugeriu” e eu queria agradar…ser admirada, entusiasmada. Tudo falsidade.

Em outros momentos foi como a vida trouxe…sem critério…simplesmente porque “já que está, fica”. Se a empresa me mandava embora, arrumava outro trabalho. Depois que isso passou a se repetir muito achei melhor estudar pro concurso público. Daí não me mandavam embora. Achava que lá essa sensação de “não pertencer” desapareceria. No meu caso não deu certo…ainda me sinto um peixe fora d’água, mesmo depois de 15 anos lá. Mas é estável…ninguém te aborrece se você não tenta mudar as coisas. Isso é bom?! Sei não. Tô lá.

Admiro pessoas que vão lá e planejam o que vão fazer na segunda, terça, semana que vem,  o mês que vem, para onde vão nas férias do ano que vem, o que será daqui dez anos…impressionante.

Fico pensando como é isso. Será que planejam tudo o tempo todo?! Isso também não é maçante? Tem de haver também algo surpresa na vida…não é possível que a pessoa consiga controlar tudo…parece também um pouco de fuga né não gente?!

Ter um tempo livre para não fazer nada é saudável.

Eu curto ficar de bobeira. Ficar lá abduzida pelas mensagens de gatos do facebook (os campeões de curtidas da rede ha ha ha ); os vídeos de besteirol dos youtubers; as séries do netflix(isso sim é um vício)! Pra mim eles funcionam como uma espécie de meditação… não penso em nada…esvazio o cérebro e não fico encucada com os problemas da vida. Dou umas risadas e pronto, estou nova…Dura pouco…mas funciona.

Tá certo que perder tempo só com isso não é bom. Paciência!!!

O contrário é muito pior pra não dizer péssimo. Ficar ali “divagando o problema” não é racional…chega a ser doente. Começar analisando as alternativas pra sair de um problema e ir conectando os outros (problemas), lembrando das pessoas que me magoam ou magoaram, do que pode acontecer na situação a, b, c e d e que de qualquer forma vão me ferrar… sem conciliar o sono… não resolve nada e ainda me deixa podre pro dia seguinte, a semana seguinte, o ano seguinte. O meu cérebro conecta no pessimismo e aí me perco de vez!!! Credo. Prefiro os gatos!

Como encontrar a medida?

Melhor eu tentar dormir que amanhã a tal “Carolina” vai vir com aquele olhar penetrante para o tal “rapport” deflagrar minha covardia!

 

 

Leia mais

O Voo do Dragão

Emergir para a Vida

No Fundo do Poço

Amor de Redenção

La Coquetterie

Cruzeiro da Inconsciência – Parte 2

Cruzeiro da Inconsciência – Parte 1

Encurralada pelo coaching

Minhoca para Adultos

Medos

Culpa

Casulo

Cotidiano

Neila Cristina Franco

Pós-Graduada em Coaching e Liderança pela UNIFACCAMP; Graduada em Gestão Empresarial e Tecnologia da Informação; Consultora de Resultados White Belt pela Falconi; Consultora de Processos de Negócios e Tecnologia da Informação; Coach e Mentora Profissional (foco corporativo e carreira); Analista Comportamental Disc Etalent; Oradora Profissional pelo Instituto Reinaldo Polito; Help Desk Manager pelo Help Desk Institute; Itil Foundation pela Alumni; Docente e Escritora.

Comments (15)

  1. Avatar

    I value the article.Much thanks again. Will read on…

    1. Neila Cristina Franco
      Neila Cristina Franco out 2, 2017

      thanks!

Deixa uma mensagem

Seu e-mail não será divulgado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Related Posts

Enter your keyword